FUNCIONÁRIOS

Ter uma boa gestão de benefícios para os seus funcionários pode ser o que a sua empresa precisa para reter talentos. Os benefícios têm sido cada vez mais valorizados em um momento em que a qualidade de vida se torna importante para o sucesso das empresas.
Os reembolsos ganharam maior relevância nos últimos meses em decorrência do crescimento da implementação home office nas empresas. Por isso, a política de reembolso pode ser uma ferramenta importante para a gestão da companhia.
Promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos no Ceará (ABRH-CE), o evento teve como objetivo compartilhar inovações e provocar reflexões sobre os temas mais atuais do universo de desenvolvimento humano trazidos do maior congresso de gestão de pessoas da América Latina.
Com a chegada no Ceará, a HRTech passa a proporcionar a gestão e distribuição de benefícios flexíveis para as empresas que queiram, por exemplo, desenvolver estratégias que resultem em mais motivação e engajamento da equipe no ambiente de trabalho.
Ao avaliar a existência de um volume alto em turnover na companhia, uma das estratégias que pode ser adotada é oferecer benefícios flexíveis, como os que são oferecidos pela SeuVale e que seguem as novas regras do PAT.
Você sabe qual valor uma empresa paga, em média, para manter os cartões de benefícios flexíveis dos seus funcionários? Há casos em que a cobrança varia entre 2% e 4% do valor total gasto pela empresa com os benefícios flexíveis. Por ano, representa um gasto com taxa administrativa que pode passar de 40% com os benefícios.
O novo decreto do PAT nº 10.854 foi publicado pelo Governo Federal no início de novembro e simplifica diversas normas trabalhistas. O destaque fica por conta do capítulo que fala sobre a alimentação dos trabalhadores, cujo texto traz flexibilização para o vale alimentação.
Alimentar-se corretamente é fundamental para uma vida saudável. Veja algumas dicas para te ajudar nesse processo
Quais as vantagens de oferecer benefícios flexíveis como ferramenta para demonstrar valor pelo funcionário? Cada vez mais os profissionais buscam equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.
Rolar para cima